0

Herbet Baglione abre exposição “Rito” em Copacabana

A noite de ontem (22/10) foi marcante na trajetória de Herbert Baglione, artista que abriu a mostra Rito na Galeria Movimento, em Copacabana. Herbert, que tem 20 anos de história na arte contemporânea e é conhecido e respeitado mundialmente, trouxe para o público carioca trabalhos inéditos que traziam obras que visivelmente passavam a fase de transição do artista, que ficou conhecido pelas famosas sombras que pintava no projeto 1000 Shadows, que viajou o mundo. Nesta série Baglione apresenta nove telas e dez fotografias que transportam as mais confiantes emoções com traços bem mais coloridos e cheios de luz. Boa parte dos artistas urbanos de São Paulo e Rio vieram prestigiar o paulistano que já se consagrou por aqui e pela Europa, Eua e países da América latina. Toz , Panmela Castro, Beterraba, foram alguns deles, além da curadora Vanda Klabin, da galerista Stephanie Afonso, da Muv Gallery, da artista Marie Mercier, entre outros que participaram desta noite que marca uma nova fase para Herbert. O galerista Ricardo Kimaid, à frente da Movimento, ambientou a galeria de acordo com o pedido especial do artista. As paredes foram pintadas da cor exata que Herbert sugeriu para fazer fundo as suas obras, ele levou o número exato da cor e assim foi feito. Ficou lindíssima exposição.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *